Dicas básicas para se vestir bem

comentários
03.out.18

Se vestir bem é fácil? SIM, e é mais simples do que você pensa.

Hoje quero te ajudar a simplificar sua vida com 05 dicas importantes que irão te valorizar.

Conheça seu corpo

Esta é uma dica simples, mas que muita gente negligencia. Falei sobre isso algumas vezes aqui no blog, e vou deixar linkado os posts pra vocês, sem dúvida é importante você sempre equilibrar a sua silhueta.

Antes de qualquer coisa, fique em frente ao espelho com apenas peças intimas, e veja quais são as proporções do seu corpo. Se a parte de cima é maior, ou menor, se você é mais reta ou oval… enfim…..entender que sempre preciso trabalhar com proporções, aproximando do biotipo ampulheta, que é o primeiro da imagem.


O que você ama?

Vou trazer aqui um post somente sobre estilos apenas, porque é mais complexo. Mas é muito importante você conhecer seu estilo e saber o que você ama, isso esta ligado totalmente a questão de bom senso, conforto e seu bem estar.

Claro que você pode variar, mas esteja sempre confortável e segura!

Os principais estilos universais são: clássico/ tradicional, criativo, elegante, esportivo/natural, moderno/dramático, romântico e sexy.





Para simplificar, quais as peças que lhe caem bem?

Muitas vezes tentamos nos adequar ao estilo de outras pessoas, como influenciadoras, blogueiras, mas nem sempre aquilo ficará bom em mim! Não é porque esta na moda que tem a ver comigo, entende? Seja VOCÊ!

E caso ainda tenha dúvida, pergunte para uma amiga ou namorado sinceros se ficou bem em você aquela peça. Uma vez eu aprendi que o que deve se destacar não é a maquiagem ou a roupa que estamos usando, e sim nós que no conjunto com tudo ficamos ainda mais bonitas.


Saiba o que você tem no seu guarda roupa

Tire uma tarde para organizar seu guarda roupa, anote em um caderninho, o que você tem. É bom para relembrar de peças que já havia se esquecido e ver o que falta comprar como peças básicas, alias, tem um post que falo sobre isso.

O incrível é que por mais que tenhamos milhares de peças, acabamos sempre usando as mesmas, já perceberam? Então chegou a hora de você fazer aquela seleção do que realmente é importante e útil pra você, ou seja, que você realmente usa!E o que não usa, doe, venda…. mas renove o ar do seu closet.


Aprenda a comprar roupa

Aproveitando a dica 03, faça compras inteligentes!

Pergunte sempre a você mesma se aquele peça nova irá combinar com outras peças que você já tem, e sempre calcule o preço com a quantidade de vezes que você irá usar, eu gravei um vídeo anterior que falei sobre isso, e é de fato uma dica ótima. Não adianta você comprar um casaco de 2 mil reais se você vai usa-lo apenas 1 ou 2 vezes, não compensa!

Se você for comprar roupas em lojas de fast fashion, opte sempre por peças lisas, porque dependendo da peça você vai se deparar com um monte de gente usando as mesmas peças.

E principalmente experimente!


Respeite o dress code 

Apesar de sempre falar sobre regras, e que é possível quebra-laS, o bom senso sempre vai ser importante. Exemplo disso nós temos: você não irá usar biquíni no trabalho, e roupa social na praia. Ou vestido branco em casamento, ou jeans em formatura, casamento, enfim…. é importante você sempre entender que por mais que você ama uma minissaia não é qualquer lugar que você irá usa-la.

Por mais que você adore uma calça jeans, ele é uma PEÇA INFORMAL, não é qualquer lugar que você vai com ela.

Aproveitando esse assunto, você não precisa usar sempre tudo combinadinho como sapato, cinto e bolsa. Hoje isso não é mais utilizado, o ideal é você chamar atenção para um item, e o restante ser mais neutro.

Invista um tempinho pensando em qual roupa se adéqua a ocasião.

E aí, gostou dessas dicas?

“As imagens e fotos são meramente ilustrativas e referenciais da pesquisa apresentada, foram captadas em ambientes públicos e acessíveis a qualquer pessoa e não consiste em violação a direitos autorais ou a propriedade industrial nos termos do art. 46 da Lei 9.610/98.

O blog suellensartorato.com.br não se responsabiliza pela reprodução, divulgação e comercialização dessas fotos e imagens por terceiros, sem a devida autorização.”

 

 

 

Deixe seu comentário